SafraPay é Boa? Veja as Taxas e Bandeiras

A SafraPay é uma máquina de cartão do Banco Safra, muito divulgada atualmente. Inclusive, já falamos um pouco acerca das suas opções de máquinas no Passa Cartão. Mas, relembrando um pouco sobre a proposta da empresa, a SafraPay é uma máquina que traz a isenção de aluguel e até do pagamento, caso o cliente bata uma meta de venda mínima, e também oferece 100 dias sem taxa para novos clientes.

A máquina de cartão tem uma proposta interessante, pois possibilita que o cliente adquira-a sem desembolsar dinheiro. Porém, no que tange às condições, você precisa ter conta no Banco Safra para pedir o terminal. As taxas em geral são competitivas, mas a máquina exige valor mínimo para que ela saia sem custo algum! O serviço oferecido é bom, entretanto, é uma opção que pode sair mais custosa. Conheça mais sobre as taxas e bandeiras abaixo.

Mais sobre a SafraPay

A SafraPay não cobra aluguel ou valor pela máquina (mediante alguns termos que iremos falar mais adiante). Nos primeiros 100 dias a taxa MDR é zero, desde que as vendas não ultrapassem 20 mil reais. A empresa também oferece o chip que chega ao 3G com o pacote dados gratuito, além de ter suporte 24 horas por dia, até mesmo nos fins de semana. Acesse o site para conferir todos os benefícios.

Muitos dos benefícios mencionados são comuns também em outras máquinas de cartão, como no caso da Moderninha, que não possui aluguel. A diferença da SafraPay é o atendimento diferenciado proporcionado pelo Banco Safra, que tem buscado melhorar o contato com o cliente.

SafraPay – Conheça os valores mínimos que devem ser atingidos para que sua máquina saia de graça.

O dinheiro é depositado ao empreendedor por meio da Conta Digital, aberta no momento em que o cliente adquire a máquina. Apesar do banco não cobrar tarifa referente a adesão a conta, existem encargos cobrados pelos serviços prestados, que podem ser consultados aqui. Pela conta você pode enviar e receber TED, realizar transferências entre Contas e pagamentos de qualquer natureza, além de cadastrar o Débito Automático.

Agora, vamos falar sobre a gratuidade da máquina. Inicialmente a máquina sai sim sem custo algum para o cliente. Porém, esta situação pode mudar. Caso você não atinja o valor mínimo determinado pelo banco no prazo de 40 dias, a máquina será recolhida e você sofrerá o débito de R$100,00 no seu cartão de crédito, que será requisitado no seu cadastramento. Estes valores mínimos também devem ser atingidos em todos os meses seguintes. Se isso não ocorrer, a máquina também será recolhida. Agora, sem valor algum cobrado.

Os valores mínimos dependem do terminal que irá adquirir. Para a SafraPay sem bobina GPRS, o valor é R$3 mil. Para a SafraPay móvel sem bobina, R$5 mil. Já para a SafraPay com bobina 3G, R$7 mil. Então, tome cuidado! Caso estas metas não sejam atingidas, a máquina será recolhida e você poderá até mesmo ter que pagar.

Taxas e Bandeiras

Pela SafraPay, os empreendedores conseguem aceitar bandeiras Visa, Mastercard, Elo, American Express, Hipercard e Hiper, os vouchers da xylophone e os cartões SoroCred e Cabal. Estas são as principais bandeiras do mercado, o que demonstra que o leque de atuação da máquina é grande.

Após o período de 100 dias sem nenhuma taxa, começam a incidir as taxas normais de venda.

No débito, a taxa é de 1,9% sobre a venda.
No crédito à vista, 3,02%, e,
No crédito parcelado, 3,75%.

Analisando o mercado, vê-se que as taxas da Safra são muito competitivas. Comparando com as taxas da Cielo, onde a taxa no débito é 1,99% no primeiro ano e 2,39% em seguida, a venda é mais lucrativa na Safra.

Ou seja, o atendimento e funcionamento da máquina são bons. Porém, devemos prestar atenção nas condições acerca do terminal. Caso o empreendedor não atinja suas vendas, ele terá que pagar um valor e ainda ficará na mão, se máquina. Isso é algo a ser analisado, pois uma máquina de cartão deve ser um investimento seguro.

Hoje em dia, inclusive, existem máquinas cujo o valor é menos de R$100,00. A SumUp é uma destas máquinas, que pode ser adquirida permanentemente por 12 vezes de R$4,90 (Abril/2019). A taxa é de 1% nos três primeiros meses e de 1,9% depois deste prazo, em relação ao débito. Já no crédito, são um pouco maiores. Confira no site.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *