Maquininha ifood

O aplicativo ifood, já vem conquistando o Brasil com seu sistema de entregas de fast food. Tanto usuários quanto motociclistas vêm uma forma de facilitar o dia a dia através do app disponível para Android e iPhone. Mas não é só isso, usando a tecnologia Zoop para seus recebimentos, a ifood deseja ampliar sua área de atuação.

Quem diria agora faz parte das fintech de meios de pagamentos e também possui a sua própria maquininha de cartão? Anunciada em julho, só agora a maquininha começa estar disponível em todas a regiões em que o app atende. Um dispositivo a mais para fazer concorrência e atende a pessoas físicas e jurídicas.

Pagamentos no cartão

Os entregadores do ifood são credenciados como em aplicativos de transporte, devem cumprir alguns requisitos e podem trabalhar, não trabalhando exclusivamente para um restaurante. Em alguns casos o motoboy, precisa ter que ir ao estabelecimento buscar a maquina de cartão e depois de ir até o cliente. Retornar ao estabelecimento para devolver o aparelho.

Com a novidade a máquina ficará com os entregadores, diminuindo o tempo de viagem e diminuindo os custos da entrega. A otimização do serviços deve favorecer o aplicativo e aumentar as vendas em 30% segundo expectativas da empresa.

O grupo Movile que é dono do app ifood, investiu 18 milhões de dólares para participar e utilizar a tecnologia da Zoop de pagamentos, o que representa uma uma movimentação em 2 bilhões de dólares ao ano. Isto para atender a 22 mil restaurantes cadastrados no aplicativo até o inicio deste ano. A máquina de cartão testada inicialmente na cidade de Guarulhos, SP, esteve disponível a 2 mil entregadores até o final de 2018.

Máquinas de cartão ifood

maquininhas ifood

São duas maquininhas ifood para facilitar a vida de quem usa o aplicativo

Hoje a ifood conta com duas máquinas de cartão e, como é padrão no mercado de pequenas empresas e profissionais liberais, oferecem um padrão com celular e sem necessidade de celular, com a própria maquininha fazendo a comunicação dos dados através de chip de telefonia móvel.

As taxas depende do plano, mas saem de 1,89% no débito e podem chegar a 3,99% no crédito. Os modelos são os seguintes:

iFood Ultra

Este é o modelo sem necessidade de celular para funcionar, utilizando o chip e plano de dados da operadora de forma gratuita. Além da conexão GPRS, também pode ser conectada por Wi-Fi.  Como padrão, aceita débito e crédito nas bandeiras: Visa, Mastercard, Elo, Banescard, Hipercard, JCB e Aura.

O preço oficial é em 12 parcelas de 59,90, totalizando R$718,80, mas está em caráter promocional custando 12 parcelas de 35,90, ou R$430,80 total. A entrega é gratuita em até 10 dias úteis. Além da promoção no valor, há taxa 0% nos primeiros três meses de uso da máquina.

iFood Pocket

O modelo Pocket é conectado a um celular Android para funcionar e fazer as transações. A conexão é via bluetooth e o smartphone precisa ter uma conexão de dados ativa no momento da transação.  Também aceita débito e crédito com menos bandeiras que a iFood Ultra, sendo apenas Visa, Mastercard, Elo e Banescard.

O preço é muito mais em conta que a máquina completa, sendo vendida fora da promoção em 12 parcelas de 5,70, totalizando R$68,40. Durante o período promocional, está custando 12 parcelas de 4,90, ou R$58,80 total. A entrega também é gratuita em até 10 dias e também tem isenção sobre a taxa nos primeiros três meses de uso da máquina.

Comentários
  1. Lucas
  2. Marco

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *