O que é TEF? Entenda como funciona o sistema

Está se tornando raridade, na atualidade, o uso de dinheiro vivo ou cheque pelas pessoas. Durante os anos houve uma substituição gradativa desses métodos de pagamento, pelo cartão de crédito ou débito. Logo, os estabelecimentos que não se atualizam para aceitar esse tipo de pagamento, acabam saindo prejudicados.

Hoje iremos conversar justamente sobre essa adaptação necessárias aos estabelecimentos, principalmente aqueles que trabalham com um alto volume de transação, como supermercados e lojas de departamento. Você sabe o que é o TEF?

Sistema TEF

O TEF é o Sistema de Transferência Eletrônica de Fundos, e nada mais é que um sistema responsável em fazer a comunicação entre a loja e a operadora do cartão, fazendo com que haja controle do dinheiro movimentado entre o estabelecimento e a operadora.

O sistema então, transmite as informações, de forma eletrônica, geradas através do uso do cartão de crédito e débito às operadoras de cartão. O TEF é composto por monitor, pinpad, teclado e leitor de código de barras e esses equipamentos são denominados automação comercial.

Existem, hoje em dia, diferentes tipos de TEF, devido a tecnologia usada por cada um. Cada TEF é indicado para um tipo de comércio específico, veja:

tef

Conheça o TEF

  • TEF discado: faz uso de computadores e PinPads ligados à linha telefônica;
  • TEF IP: utiliza computadores e PinPads que estão conectados através de uma VPN (Rede privada virtual);
  • POS: não é necessário está conectado à um computador, toda sua conexão é feita por linha telefônica;
  • TEF dedicado: Uso de conexão X-25 (fornecida por operadoras de telefonia) que fazem a conexão de computadores e PinPads.

A partir das características de cada tipo de sistema, é necessário então avaliação e propósito do estabelecimento. Por exemplo, o POS é ideal para quem tem um comércio móvel e não pode estar conectado a um computador o tempo todo. Já o TEF dedicado e o TEF IP possuem uma resposta à autorização do uso do cartão mais rápida, já que não utilizam a linha telefônica para se comunicar com a operadora do cartão.

Muito comum e indicado para grandes comércios, o TEF é um sistema para grandes volumes de transações. Além do benefício de ter diferentes tipos de TEF que se modelam ao seu estabelecimento, ele torna possível o uso de diferentes bandeiras de cartões com adquirentes diferentes.

Além disso, o TEF sempre emite a nota fiscal eletrônica que é enviada para Receita Federal, evitando maiores problemas para seu estabelecimento e diminuindo os gastos com contabilidade. Para que você possa usufruir dos benefícios desse sistema você precisa de 3 componentes:

  1. Empresa responsável por integrar o TEF, negociar as taxas de transação e adiantar os recebimentos, afim de autorizar as transações, denominada adquirente
  2. Uma empresa responsável por desenvolver o software que será utilizado pela sua empresa, além de fazer o contato direto com o/os adquirente(s). Essa empresa é denominada TEF house;
  3. Por ultimo e não menos importante é necessária uma empresa responsável por comercializar o software desenvolvido pela TEF house. Além disso, é responsável por dar suporte ao cliente e fazer a integração de todos os sistemas. O nome dessa empresa é Softhouse.

O TEF promove o controle e a centralização das transações efetuadas, do caixa e do estoque do estabelecimento. Além disso, atualiza todos os recebimentos e transações em tempo real, gerando uma maior organização e controle do estabelecimento.

E você já usa esse tipo de sistema no seu comércio? Conta pra gente os benefícios que a implantação do TEF trouxe ao dia a dia da sua empresa.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *