Existe Máquina de Cartão Inter?

O Banco Inter é o primeiro banco digital do Brasil, iniciando suas atividades em 1994. Ele oferece aos seus clientes, seja empresa ou pessoa física, diversos serviços isentos de tarifas para que possam realizar as atividades bancárias de forma rápida e efetiva, economizando no que se trata de taxas. Para as pessoas físicas, estão disponíveis conta digital, cartão de crédito e débito, crédito, financiamentos imobiliários, investimentos, seguros, câmbio e consórcio. Para pessoas jurídicas, conta digital, financiamento imobiliário, crédito, seguros e câmbio.

Ademais, o Banco Inter oferece aos seus clientes o Interpag, um aplicativo para pagar, receber e transferir valores diretamente da conta digital. Este app pode ser baixado no Google Play ou App Store, e é exclusivo para pessoas físicas e pessoas jurídicas que sejam correntistas do Banco Inter.

O Interpag, de acordo com o presidente do Inter, está sofrendo alterações, e terá um novo formato em que poderá receber pagamentos, pelo smartphone, com a utilização da tecnologia NFC. Logo, não será necessária uma maquininha de cartões para realizar vendas. Apesar de não existir maquininha de cartões do Inter, o novo formato do Interpag é uma ótima possibilidade.

Novo formato do Interpag

O Interpag é, como muitos conhecem, um aplicativo do Banco Inter, que permite a realização de diversos serviços bancários. Ele possibilita pagar, receber e transferir valores, de forma totalmente gratuita e por QR Code. Todo o processo é muito fácil, basta que o recebedor gere um QR Code no aplicativo, com o valor correspondente.

Saiba como utilizar o Interpag

O Interpag, atualmente, possibilita pagamentos e transferências por meio da geração e leitura do QR Code.

Para pagar usando o código, o indivíduo deve clicar em “Pagar”, na tela inicial do aplicativo. Depois, é preciso enquadrar o QR Code com a câmera do celular, confirmar o valor e autenticar a operação. Após isso, o pagamento será efetivado, rapidamente.

Percebe-se que, com esta funcionalidade, já era possível realizar vendas com o Interpag, sem necessitar de uma máquina de cartões para que o processo seja feito. Porém, com o novo formato do aplicativo, que será lançado em 2020, estas vendas serão realizadas ainda mais facilmente, utilizando a tecnologia NFC.

NFC é uma sigla para Near Field Communication, que em português significa Comunicação por Campo de Proximidade. Logo, indica a troca de informações utilizando a proximidade, sem que haja a necessidade de fios ou mesmo do Bluetooth. O NFC está contido, comumente, nas máquinas de cartões mais modernas, que permitem que sejam aceitos pagamentos aproximando o cartão do terminal, sem que necessite de ser inserido.

E, a partir de 2020, o Interpag também aceitará pagamentos utilizando a tecnologia NFC do smartphone. Este método de pagamento irá ser ainda mais benéfico do que o QR Code, visto que o segundo é um sistema fechado que só pode ser usado por pessoas que possuam contas no banco Inter e possam ler os códigos gerados, por meio do Interpag. Com o NFC, qualquer cartão poderá ser usado para fazer os pagamentos, apenas o aproximando do aparelho.

Esta novidade foi anunciada pelo vice-presidente e diretor de RI do Banco Inter, Alexandre Riccio de Oliveira, por meio de um vídeo divulgado em seu Twitter. Como pode-se ver no vídeo citado abaixo, ele selecionou o método de pagamento e quanto quer receber, adicionando o valor. Depois, foi preciso aproximar o cartão do celular, efetivando a transação.

Então, apesar do Inter não possuir uma maquininha de cartões própria do banco, a empresa possui o Interpag, que também pode realizar pagamento e cada vez mais tem sido aprimorado para realizar serviços tecnológicos. É preciso mencionar que, para o pagamento ser feito com o NFC, o cartão deve ser habilitado para esta tecnologia.

Segundo Riccio, ainda, estima-se que cerca de 30% da base de clientes do Inter estarão habilitados com cartões com NFC em 2020, e que este número tende a aumentar, visto que as maquininhas de cartão estão se tornando cada vez mais obsoletas, devido às novas ferramentas disponíveis no mercado.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *