Erro 05 Não autorizado – O que fazer agora?

Você já passou pela experiência de estar concluindo uma venda e de repente aparece a mensagem “Erro 05 Não autorizado”? Se você ainda não passou por esta situação, e esta é a primeira vez, não se preocupe. Este é um dos erros mais comuns que podem ocorrer nas maquininhas de cartão. E, comumente, este erro não é devido à máquina, e sim relacionado ao cartão do cliente.

O erro 05 aparece nas telas das máquinas por alguns motivos. O cliente pode ter atingido o limite do seu cartão, não ter saldo na conta, a compra pode ter sido considerada suspeita ou o cartão pode ter sido vítima de roubo recentemente. Assim, o banco do cliente não autoriza o pagamento. Quando isto acontece, você pode conversar com o cliente e tentar outra opção de pagamento, facilitando a situação, além de orienta-lo a procurar o banco para esclarecer o motivo do erro.

O que fazer?

Vários são os erros que podem aparecer durante uma transação eletrônica, na máquina de crédito e débito. Um dos erros mais comuns é o “Erro 05 – Não autorizado”, que pode tanto acontecer nas transações do débito quanto do crédito. Ele ocorre quando a empresa não autoriza a venda, seja por falta de limite no cartão de crédito, saldo na conta, dentre outros motivos.

É uma situação que pode ser incômoda, pois por vezes, o cliente não entende o porquê da transação não ter sido autorizada. Por este motivo, a recomendação é orientar o cliente a entrar em contato com a Central de Atendimento ao cliente da administradora do cartão de crédito. Assim, ele poderá verificar os motivos reais pelo qual sua transação foi impossibilitada. E dessa forma, poder solucionar o problema diretamente com a prestadora de serviço do cartão de crédito.

O erro 05 decorre de transação não autorizada.

Saiba como ser portar quando ocorre o erro 05 na máquina de cartão.

Se você não quer perder a venda, você pode tentar com o cliente outra forma de pagamento. Pergunte-o se ele apresenta outra forma de pagamento, outro cartão de crédito de outro banco ou mesmo dinheiro em espécie. Assim ele poderá concluir a compra. Lembre-se de em hipótese alguma constranger o seu cliente por este motivo. Seja sempre gentil e cordial.

Caso o cliente não possua nenhuma opção de pagamento imediata, peça gentilmente que ele deixe o produto na loja, ou que ele pague depois. Isso depende da sua confiança no cliente e também da sua preferência. Se o cliente já tiver consumido algo dentro do estabelecimento, a sua opção será deixá-lo pagar depois, para não criar nenhuma situação mais constrangedora e complicada.

Muitos estabelecimentos comerciais que lidam com alimentação pedem para que cliente, antes de consumir, compre uma ficha ou então já pague o produto no caixa. Esta prática é adotada em lanchonetes, bombonieres de cinemas, etc. Isso evita este tipo de situação mais difícil de ser resolvida. Algo importante a se mencionar é que, de forma alguma, o empreendedor pode exigir que o cliente deixe algum documento pessoal, como identidade, para garantir o pagamento.

Quando os erros aparecem nas telas das maquininhas, não aparece também a tradução ou explicação do porquê isto ter acontecido. Por isso, com paciência, explique a situação para o cliente, pedindo-o para entrar em contato com o seu banco. Para que você também não esqueça o significado deste erro, anote-o em um caderno, ou mesmo deixe colado perto do caixa.

É imprescindível que o atendente saiba lidar com a situação e explicá-la para o cliente, de forma a preservar a imagem do estabelecimento. Por isso, deixe a explicação dos erros em algum local de fácil acesso para todos os funcionários ou então, como dono do empreendimento, caso este seja o caso, faça um treinamento rápido sobre o assunto. Não é necessário que o funcionário fale os motivos pelos quais o erro pode ter acontecido, pois isso pode ofender o indivíduo. Ele pode apenas fazer a orientação da pessoa procurar o banco.

Comentários
  1. Daisy
  2. Renilma

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *