Máquina * Sem Fio ou * Mobile: qual a mais barata?

A empresa, através de seu departamento jurídico proibiu o uso da marca em nossa postagem, portanto, leitores, substituímos a marca por um asterisco.

As máquinas de cartão Móvel ou Mobile surgiram para de atender profissionais liberais e empresas que precisam de mobilidade e que desejam passar cartão pelo celular. Funcionam como as demais utilizando compras no débito, crédito e voucher (vale alimentação, refeição e cultura – necessário o cadastro).

Existem várias empresas credenciadoras que alugam ou vendem o leitor de cartões. Elas funcionam com seu aparelho móvel após a instalação de um aplicativo. Mas também existem máquinas móveis que funcionam sem celular ou tablet, essas acabam custando um pouco mais. Assim, a máquina móvel, que permite que você passe cartão pelo celular, é bem interessante pois possui as mesmas características das mais tradicionais: aceitam parcelas em até 12 vezes, as antecipações são liberadas e há emissão do comprovante ou há envio do comprovante para o e-mail do seu cliente.

A bateria também costuma durar um tempo maior, a duração média é de 72 horas.

Um ponto que exige grande atenção é que as Máquinas Móveis de Cartão costumam apresentar taxas administrativas maiores. A Taxa Administrativa é um desconto em porcentagem sobre o valor de cada venda realizada na sua máquina. Apesar disso, o aluguel costuma ser muito menor do que o das maquinetas tradicionais. O Aluguel é um valor fixo mensal cobrado para possuir a maquineta. Você também pode encontrar máquinas que passam cartão pelo celular sem cobrança de aluguel, uma vez que as máquinas são oferecidas para venda por parte do comerciante.

Atenção: Se a quantidade de vendas for mais alta, as taxas podem ficar “salgadas” para você. Por isso a máquina móvel é indicada para quem não vende mais do que aproximadamente oito mil reais por mês.

Agora, se uma empresa tem um fluxo mais baixo de vendas (abaixo dos 8 mil reais por mês), pode compensar pagar uma taxa de administração maior, mas, um aluguel relativamente mais baixo.

Para fins de comparação, vamos analisar as taxas de utilização da maquineta sem fio * (tradicional) e as taxas de utilização da máquina que permite passar cartão pelo celular também da *:

Exemplo: Máquina Sem fio X Máquina Mobile

Abaixo, observamos as condições da Máquina Sem Fio/Móvel – Tradicional

 Mensalidade e taxas * Móvel - máquina tradicional

Mensalidade e taxas * Móvel – máquina tradicional

  • Aluguel da máquina sem fio móvel tradicional é de: R$ 144,80
  • A taxa de inscrição: R$ 72,90
  • A taxa administração dela no débito a vista: 2,00%
  • A taxa de administração no crédito a vista: 2,50%
  • A taxa administração dela a prazo:
    3,25% (1x a 3 x)
    3,50% (4x a 6x)
    4,00% (7x a 12x)
  • A taxa administração dela no crediário: 4,00 %

Agora, vamos observar as condições da Máquina Mobile *:

 Mensalidades e preços da * Mobile com leitor de cartão

Mensalidades e preços da * Mobile com leitor de cartão

  • A mensalidade da Mobile é : R$ 30,90 (R$113,90 mais barata do que o aluguel da tradicional)
  • A taxa de inscrição: Isenta (contra R$72,90 pago na entrega da máquina tradicional)
  • A taxa administração dela no débito á vista: 3,19% (contra 2,00% da tradicional, ou seja,1,19% mais cara)
  • A taxa de administração no crédito á vista: 4,05% (contra 2,50% da tradicional, ou seja, 1,55% mais cara)
  • A taxa administração dela á prazo:
    6,99% (contra 3,25% de 1x a 3x e 3,50% de 4x a 6x na tradicional, ou seja, chega a ser 3,74% mais cara)
    7,99% de 7 a 12 x (contra 4,00% na tradicional, ou seja, 3,99% mais cara);
  • A taxa administração dela no crediário: 6,99% (contra 4,00 % na tradicional, ou seja, 2,99% mais cara).

Com essa comparação, fica bem claro que o aluguel pode pesar no caso da empresa ter um fluxo pequeno de vendas, por isso, mesmo que as taxas de administração da máquina que passa cartão no celular sejam maiores, ainda assim, pode compensar devido ao valor menor do aluguel. Por outro lado, as taxas podem ser pesadas para empresas com um fluxo maior de vendas, daí o adaptador mobile pode não compensar.

As diferenças na prática

Uma empresa vende Cupcakes por R$10,50 a unidade. Considere as despesas com máquina de cartão no caso de ter um fluxo pequeno de vendas: 300 unidades no mês. Primeiro, veremos quais serão os gastos utilizando uma Máquina Tradicional conforme os dados apresentados acima.

Fluxo Bruto mês: 300 x R$10,50 = R$3150,00

Custos máquina R$ 144,80 (aluguel) + R$6,07 (taxa instalação) + R$ 78,00 (taxa descontada sobre as vendas – administração)

Total de custos = R$228,87

Considere agora as despesas com a Máquina Mobile, utilizando o celular considerando o mesmo fluxo de vendas: 300 unidades no mês.

Custos máquina R$30,90 (aluguel) + R$ 126,00 (taxa descontada sobre as vendas – administração)

Total de custos = R$ 156,90

Notamos portanto, que neste caso, onde o volume de vendas não foram muito expressivas, a opção por mobile ainda foi mais barata. Mas, observe que, se o volume de vendas obtiver crescimento, a mobile acabaria ficando mais cara.

Vale a pena comparar as máquinas mobile disponíveis no mercado. As taxas podem mudar de uma máquina para outra, também variam de acordo com o tempo.Além disso, as características individuais podem variar de uma para a outra, caberá a você decidir qual é mais interessante para seu negócio.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *